Posts on Jan 1970

Painel discute “Prevenção do Suicídio na Adolescência” em Campos Novos

O público alvo foi os profissionais da rede de atendimento em diversas áreas, com objetivo de esclarecer as dúvidas sobre como tratar do assunto de forma preventiva com os adolescentes.  Além de Campos Novos estiveram presentes representantes da rede de atendimento dos municípios de Tangará, Ibiam, Abdon Batista e Celso Ramos.

A ideia para a realização do evento surgiu especialmente com a propagação de casos envolvendo os adolescentes no Jogo da Baleia Azul que alertou a sociedade sobre a necessidade de estabelecer um diálogo com os jovens.

Segundo dados divulgados, no Brasil, o índice de suicídios na faixa dos 15 a 29 anos é de 6,9 casos para cada 100 mil habitantes, uma taxa relativamente baixa se comparada aos países que lideram o ranking – Índia, Zimbábue e Cazaquistão, por exemplo, têm mais de 30 casos. O país é o 12º na lista de países latino-americanos com mais mortes neste segmento. De acordo com a OMS, 800 mil pessoas cometem suicídio todos os anos. E para cada caso fatal há pelo menos outras 20 tentativas fracassadas. Para a faixa etária de 15 a 29 anos, apenas acidentes de trânsito matam mais. Cerca de 1,3 milhão de jovens morrem no mundo anualmente, vítimas de causas evitáveis ou tratáveis

O painel teve a mediação da psicóloga Daniela Reis Dadalto e as explanações foram apresentadas pelas psicólogas Flavia Darold coordenadora do Núcleo de Psicologia e Luana Lorenzini, coordenadora do Centro de Atenção Psicossocial – CAPS de Campos Novos.

A psicóloga Flavia Darold destaca que é primordial falar sobre o tema sem medo. “O nosso objetivo foi de tornar multiplicadores, todos os profissionais que participaram, pois, estão levando ideias, dicas, orientações e referencial para trabalhar com os adolescentes e foi um meio que o núcleo encontrou de multiplicar a ação de prevenção”, explicou

É necessário esquecer o preconceito e as famílias precisam dialogar mais com seus filhos. “Ficou muito claro neste evento que esta é uma campanha de responsabilidade compartilhada, tem que participar a escola, a família e a sociedade. Todo tem que abraçar essa campanha que é muito importante”, finalizou Flavia Darold.

Conforme pesquisas divulgadas, O sentimento de abandono, a experiência de abusos físicos ou sexuais, a desorganização familiar, o desajustamento na escola ou em casa e a desesperança em relação ao futuro são alguns dos fatores que aparecem como motivadores. Se o suicídio entre adultos já está envolto por silêncios e tabus, é ainda mais entre crianças e adolescentes, por este motivo é essencial romper o silencio.

ASCOM – ACIRCAN

 

Ler mais
Núcleo de Psicologia da ACIRCAN Promove Painel sobre Prevenção do Suicídio na Adolescência

As psicólogas integrantes do Núcleo de Psicologia da ACIRCAN demonstraram preocupação com um problema que chamou a atenção por meio da divulgação nos noticiários e nas redes sociais sobre o jogo virtual da Baleia azul. O passatempo, disputado pelas redes sociais, propõe ao jogador 50 desafios macabros que vão desde a automutilação até o suicídio.

As notícias veiculadas nos últimos dias apresentaram esta realidade de jovens que perderam a vida inclusive no Estado Catarinense e em municípios próximos a Campos Novos. Com base nesta situação preocupante o Núcleo de Psicologia teve a iniciativa de promover o Painel para discutir o tema “Prevenção do Suicídio na Adolescência”, pois é preciso romper o silencio sobre este assunto.

A coordenadora do Núcleo de Psicologia da ACIRCAN Flavia Darold, explica que o público alvo são os profissionais que trabalham com adolescentes. Na coordenação das discussões juntamente com Flavia Darold participará a psicóloga Luana Lorenzini coordenadora do CAPS em Campos Novos.

“O nosso principal objetivo será a prevenção” observou Flávia Darold. Os profissionais serão multiplicadores das informações repassadas no evento. Entre os tópicos que serão abordados, destaque para, “o perfil do adolescente, quem é mais vulnerável, quais são as situações mais delicadas, os sinais de alerta e como abordar o assunto, entre outros”, explicou a psicóloga.

Após as explanações, o evento será aberto para questionamentos onde os profissionais poderão esclarecer suas dúvidas. Um dado preocupante é que o índice de suicídio na adolescência está crescendo no Brasil. Flavia Darold observa que é fundamental abordar o assunto sem preconceitos, pois, as famílias precisam acompanhar com mais sensibilidade à vida dos filhos. “No Brasil as estatísticas estão preocupando todos os profissionais e uma das grandes dificuldades é a nossa insensibilidade de chegar junto aos nossos adolescentes. Como está o diálogo nas famílias? Como estão sendo abordados esses conflitos que já vem naturalmente na adolescência?” questionou a psicóloga. A informação e a prevenção deve ser a principal ferramenta para trabalhar com os adolescentes.

É essencial que às famílias monitorem o uso da internet dos filhos, acompanhem suas redes sociais, observem comportamentos estranhos e, sobretudo, conversar e conscientizar os adolescentes a respeito das consequências de práticas perigosas.  Com os jovens que apresentam tendência à depressão, a atenção deve ser redobrada, pois eles costumam ser especialmente atraídos por jogos como o da Baleia Azul.

O Painel “Prevenção do Suicídio na Adolescência”, acontecerá na próxima quarta-feira (26/04), no auditório da ACIRCAN com início às 16h. Além dos profissionais de Campos Novos devem estar presentes representantes dos municípios da AMPLASC. O evento é uma realização do Núcleo das Psicólogas da ACIRCAN com o apoio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Saúde, e Centro de Psicoterapias “Cuidar”.   

Sobre o Núcleo de Psicologia da ACIRCAN

A vice-coordenadora do núcleo psicóloga Daniela Reis Dadalto informou que o Núcleo completou 4 anos de atividades e reúne profissionais que atuam em diversas áreas da psicologia. A missão do núcleo é fortalecer a classe e oferecer à comunidade a importância do trabalho de prevenção e a saúde mental. “Então por isso a nossa preocupação em trazer uma discussão como esta sobre o suicídio que está tão presente em nossa vida hoje”, explicou Daniela Reis Dadalto. 

Por meio do núcleo os profissionais têm acesso à informação, atuam ao lado de seus concorrentes num ambiente favorável ao crescimento, trocam ideias, e promovem uma série de ações que comprovam a importância de atuar no meio associativista.

ASCOM – ACIRCAN

Ler mais
Palestra Marca o Lançamento do Feirão do Imposto em Campos Novos

O Núcleo de Jovens Empreendedores de Campos Novos (Acircan Jovem), promoveu com sucesso palestra com a advogada empresarial e coordenadora de Assuntos Tributários da Confederação Nacional de Jovens Empresários (Conaje), Silvia Wilbert. O evento foi realizado no auditório João Carlos Bebber.

O tema abordado foi “O impacto da corrupção nos impostos”. Esta é uma ação que dá continuidade ao projeto Start Empreendedor, que visa fomentar o empreendedorismo, conhecimento e fortalecimento de empresas nucleadas.

Entre os participantes marcaram presença os Acadêmicos do curso de Administração da UNOESC Capinzal, e alunos do Paulo Blasi. O presidente da Acircan (Associação empresarial de Campos Novos) Laercio Zanchetta e a coordenadora da Acircan Jovem Gisiane Cordeiro, fizeram a abertura do evento falando sobre a importância dos temas atuais que precisam ser analisados pelos empreendedores que transformam uma sociedade.

A palestrante Silvia Wilbert, informou que “atualmente no Brasil cerca de R$ 200 bilhões, são desviados pela corrupção, representando em torno de 3% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, e representa ainda três vezes o orçamento da saúde e educação; e cinco vezes o orçamento nacional da segurança pública. Os recursos desviados pela corrupção no Brasil afeta as áreas mais básicas, desviados para bolsos de terceiros” completou.


Outro fator abordado na palestra é que “estudos apontam que quanto maior é o índice de corrupção em um país, menor é o índice de desenvolvimento. Outros temas abordados na palestra foram: a Operação Lava Jato e a alta Carga Tributária brasileira.

FEIRÃO DO IMPOSTO 

A palestra com Silvia Wilbert marcou o lançamento oficial do Feirão do Imposto 2017 – maior mobilização de conscientização tributária do Brasil – que neste ano está trabalhando com o tema “Chega de Mão Grande”. Mais de 100 municípios brasileiros realizarão ações simultâneas, colaborando com a conscientização da sociedade.

Em Campos Novos, o Núcleo de Jovens Empresários, já está organizando outras atividades que deverão acontecer no decorrer do mês de maio, além do evento oficial, marcado para dia 27 de maio.

Atualmente, o Feirão do Imposto é realizado pela Conaje, em parceria com os movimentos de jovens empreendedores e empresários nos estados e municípios, com o Observatório Social do Brasil (OSB).

Ler mais
“O impacto da corrupção nos impostos” – Palestra marca o Lançamento do Feirão do Imposto

Dando continuidade ao Start Empreendedor, projeto lançado pelo Núcleo de Jovens Empreendedores de Campos Novos (Acircan Jovem), promove nesta terça-feira (11), palestra com a advogada empresarial e coordenadora de Assuntos Tributários da Confederação Nacional de Jovens Empresários (Conaje), Silvia Wilbert, que abordará o tema “O impacto da corrupção nos impostos”. A palestra será ministrada no auditório João Carlos Bebber a partir das 19h.

Silvia Wilbert, informa que dados da Organização de Transparência Internacional, mostram que o Brasil piorou três posições no ranking sobre a percepção da corrupção no mundo em 2015, ficando na 79ª posição entre 176 países, ao lado de China, Índia e Bielorússia. O estudo leva em conta outros 13 levantamentos relacionados a corrupção realizados por instituições como Banco Mundial, World Justice Project e Global Insight.

Com a palestra da Advogada, Campos Novos lança o Feirão do Imposto 2017 – maior mobilização de conscientização tributária do Brasil – que neste ano está trabalhando com o tema “Chega de Mão Grande”. Mais de 100 municípios brasileiros realizarão ações simultâneas, colaborando com a conscientização da sociedade.

Em Campos Novos, o Núcleo de Jovens Empresários, já está organizando outras atividades que deverão acontecer no decorrer do mês de maio, além do evento oficial, marcado para dia 27 de maio.

Silvia Wilbert, o tema deste ano do projeto – “Chega de Mão Grande” – tem o objetivo de levar a população a refletir sobre o impacto da corrupção nos impostos, gerando a ação contra a corrupção e a favor do retorno dos tributos em benefício para a sociedade.

Atualmente, o Feirão do Imposto é realizado pela Conaje, em parceria com os movimentos de jovens empreendedores e empresários nos estados e municípios, com o Observatório Social do Brasil (OSB).

 

Ler mais