Iper revela que economia cresceu em Santa Catarina

O Índice de Performance Econômica das Regiões de Santa Catarina (IPER-SC) registrou crescimento de 0,2% na passagem do segundo para o terceiro trimestre de 2019, e acumula crescimento de 1,6% nos últimos 4 trimestres. Segundo o IPER, este é o terceiro ano que o estado cresce, porém, no ano de 2019 em menor proporção do que ocorrera em 2017 e 2018. O presidente em exercício da Federação, Antonio Rebelatto, explica que os dados apresentados pelo Índice expressam a realidade do empresário catarinense. “Sentimos que Santa Catarina vem crescendo, ainda mais se compararmos com o cenário nacional, porém, há uma certa atenuação desse movimento, que foi inclusive registrado no indicador também”, analisa.

Para o economista da Facisc, Leonardo Alonso Rodrigues, os resultados econômicos expressos na análise indicam que o movimento econômico catarinense segue trajetória de crescimento, porém, em ritmo menor no ano de 2019. “Observamos uma atenuação de um maior crescimento possível do estado por um lado. Por outro lado, vemos que se mantêm ao menos o ritmo de recuperação econômica mais célere frente ao que ocorre no cenário nacional”. Ele ainda explica que o momento é de cautela, e que acompanhar cada passo da trajetória da economia estadual se torna trivial para o desempenho dos negócios.

Variação trimestral – 3° trimestre de 2019/2°trimestre de 2019

Entre as regiões do estado, as que registraram maior crescimento foram as regiões da Serra (7,1%), Extremo Oeste (2,7%) e Grande Florianópolis (2,3%). Por outro lado, as que tiveram maiores quedas foram as regiões do Vale do Itajaí (-2,0%), Planalto Norte (-0,8%) e Alto Vale (-0,7%), sendo o resultado estadual de 0,2%.

 

Taxa acumulada em 4 trimestres – até o terceiro trimestre de 2019

Nesta base de comparação, as regiões que registraram maior crescimento foram o Extremo Oeste (5,7%), Norte (3,8%) e Extremo Sul (2,1%). Por outro lado, as que tiveram maiores quedas foram as regiões do Planalto Norte (-1,8%), Grande Florianópolis (-1,0%) e Meio Oeste (-0,9%), sendo o resultado estadual de 1,6%.

 

Acumulado do ano – Taxa acumulada entre o primeiro e terceiro trimestre de 2019 em relação a igual período de 2018

Nesta base de comparação, as regiões que registraram maior crescimento foram o Extremo Oeste (5,8%), Norte (2,9%), Oeste (2,4%) e Extremo Sul (2,3%). Por outro lado, as que tiveram maiores quedas foram as regiões do Noroeste (-2,6%) e Planalto Norte (-1,4%), com resultado estadual de 0,6%.

 

Taxa trimestral – 3° trimestre de 2019/3° trimestre de 2018

Entre as regiões do estado, as que registraram maior crescimento foram as regiões da Serra (8,4%) e Extremo Oeste (7,1%). Do lado contrário, as que registram maiores quedas foram as regiões Noroeste (-1,9%), Planalto Norte (-1,4%) e Vale do Itajaí (-1,0%), com resultado estadual de 0,7%

 

Metodologia estatística do IPER-SC

A construção do IPER foi dada pela metodologia de análise de componentes principais. Utiliza 13 variáveis com relação direta de atividade econômica classificadas em cinco categorias: consumo de energia elétrica, comércio exterior, empregos formais, variáveis bancárias e frota de veículos. Para o ajuste sazonal foi utilizado o procedimento de X12 – ARIMA.  

Tabela resumo dos indicadores analisados (Com Ajuste Sazonal)

LOCAL 3°T.19/2°T.18 Acum. em 4 trim. Acum. Ano 3°T.19/3.T.18
Alto Vale -0,7% -0,6% 0,1% 1,5%
Extremo Oeste 2,7% 5,7% 5,8% 7,1%
Extremo Sul 0,4% 2,1% 2,3% 4,1%
Grande Florianópolis 2,3% -1,0% -0,7% 1,7%
Meio Oeste 1,5% -0,9% -0,8% 1,3%
Noroeste 1,3% -0,1% -2,6% -1,9%
Norte 1,6% 3,8% 2,9% 2,3%
Oeste 1,5% 1,7% 2,4% 3,9%
Planalto Norte -0,8% -1,8% -1,4% -1,4%
Santa Catarina 0,2% 1,6% 0,6% 0,7%
Sul 0,7% 0,3% 0,5% 1,9%
Vale do Itajaí -2,0% 1,0% -0,5% -1,0%
Serra 7,1% -0,1% 0,3% 8,4%

 Fonte: FACISC; Elaborado pela área de Economia e Estatística da FACISC

 

Confira AQUI a análise completa.

 

Fonte: FACISC

ASCOM – ACIRCAN

ACIRCAN promove evento de confraternização com associados

Noite de Confraternização
Foto: ASCOM – ACIRCAN

A ACIRCAN promoveu seu tradicional evento de confraternização de final de ano, reunindo associados e convidados. O evento foi realizado na noite da última sexta-feira (06), na Associação da Copercampos reunindo em torno de 200 pessoas. A confraternização teve a animação musical da dupla “Ricardo’s” e o jantar servido pela empresa associada Restaurante Minami.

O evento ainda contou com uma palestra com o tema “Vestindo A Camisa Do Associativismo”, ministrada por Rodrigo R. Valentini, diretor da Nobre Treinamentos.

A Acircan, por meio de sua diretoria executiva, conselhos, empresários associados e apoio de parcerias público-privado desenvolvem trabalhos sempre defendendo os interesses da iniciativa privada, representando a classe empresarial, em seus diversos setores, prestando serviços e oferecendo as melhores soluções aos seus associados.

Em seu pronunciamento o presidente da ACIRCAN Ilceu Luiz Machado – Coutinho, destacou a importância das ações que a entidade desenvolve em prol do empreendedorismo de Campos Novos e região. “A ACIRCAN busca oferecer as ferramentas mais eficientes para os nossos associados, com as nossas soluções empresariais nas mais variadas áreas, buscando sempre levar a facilidade na gestão do empresário.

Nossa equipe busca estar altamente qualificada para prestar um atendimento com excelência aos associados.  Sabemos que empreender tem suas dificuldades, sejam nas áreas humanas, sociais ou econômicas. O empresário precisa estar atento às mudanças diárias, buscando o aprimorando pessoal e tecnológico. É necessária sempre a busca pela qualificação profissional, buscando capacitações para os gestores e para a equipe”, afirmou Coutinho.

Entre as ações, destaque para o “Programa Empreender”, onde os Núcleos desempenham um papel fundamental de empreendedorismo e associativismo. São 10 Núcleos Ativos e a ACIRCAN é referência no Estado de Santa Catarina com o maior número de núcleos ativos.

Outro destaque é o programa DEL – Desenvolvimento Econômico Local, onde várias Câmaras Técnicas compostas por profissionais qualificados desenvolvem ações em áreas como: segurança, agronegócio, meio ambiente, planejamento urbano, ambiente empresarial, educação, turismo e saúde entre outros.

A ACIRCAN encerra as atividades de 2019 no dia 20 de dezembro, retornando às atividades no dia 06 de janeiro de 2020.

 

CLIQUE AQUI E CONFIRA AS FOTOS DO EVENTO

 

Por: Anne Arithuza Alves

ASCOM – ACIRCAN

Governador do Estado Carlos Moisés assina em Campos Novos convênios que beneficiam 41 municípios

Visita do Governador

Presidente da Acircan – Coutinho com o Governador do Estado de SC Carlos Moisés da Silva
Foto: ASCOM – ACIRCAN

Na tarde desta sexta-feira (06), o Governador do Estado de Santa Catarina Carlos Moisés da Silva (PSL) este em Campos Novos na sede da ACIRCAN para três atos de governo.

Na oportunidade o presidente da Acircan Ilceu Luiz Machado – Coutinho – parabenizou no Governador pelas ações de investimentos que proporcionam o desenvolvimento dos 41 municípios, beneficiados com os diversos investimentos.

 

Na oportunidade foram assinados os seguintes convênios:

A assinatura de termos de compromisso para aquisição de kits de transposição, provenientes das estruturas auxiliares utilizadas no trabalho de restauração da ponte Hercílio Luz.

O município de Abdon Batista, será beneficiado com 03 kits, no valor de R$ 28.484,85 (vinte e oito mil, quatrocentos e oitenta e quatro reais e oitenta e cinco centavos), para recuperação das pontes na localidade de Santa Catarina e Santa Terezinha,  e o município de Zortéa, recebeu 02 (dois) kits de transposição, no valor de R$ 18.989,90 (dezoito mil, novecentos e oitenta e nove reais e noventa centavos), para recuperação das pontes das localidades de Baratieri e Rua Amantina de Moraes, no Bairro Imigrantes.

O chefe da Defesa Civil, João Batista de Cordeiro Júnior, o prefeito de Abdon Batista, Lucimar Antônio Salmória e o prefeito de Zortéa, Alcides Mantovani, assinaram o termo.

Também ocorreu a  entrega de equipamentos da agricultura, no valor total de R$ 4.730.850,37 (quatro milhões, setecentos e trinta mil, oitocentos e cinquenta reais e trinta e sete centavos), através de emendas parlamentares dos senadores Dário Berger, Esperidião Amin e Jorginho Melo, deputados Federais Carmen Zanotto, Celso Maldaner e Rogério Mendonça Peninha, Ex-Senador Paulo Bauer e Ex-Deputados Federais Cesar Souza, Décio Lima, João Rodrigues, João Paulo Kleinubing e Ronaldo Benedet.

Essas emendas beneficiarão 41 municípios do Estado de Santa Catarina.

O governador do Estado, Carlos Moisés da Silva, juntamente com secretário da agricultura, pesca e desenvolvimento rural, procederam a entrega da chave de uma máquina agrícola para o prefeito de Campos Novos, Silvio Alexandre Zancanaro, que representou os 41 prefeitos  contemplados .

Na oportunidade aconteceu também o repasse de recursos para expansão da capacidade produtiva da granja de suínos dos Pinheiros de Campos Novos – Copercampos, por intermédio do BRDE, no valor total de R$ 10.077.492,00 (dez milhões, setenta e sete mil, quatrocentos e noventa e dois reais). O investimento será destinado à construção de cinco galpões, com área total aproximada de doze mil metros quadrados, o que permitirá duplicar a capacidade produtiva atual.

O governador do Estado, Carlos Moisés da Silva, o diretor presidente do BRDE, Marcelo Haendchen Dutra, e o vice-presidente da Copercampos, Claudio Hartmann procederem a assinatura da autorização para emissão de crédito.

Prestigiaram o evento o Deputado Estadual Romildo Titon, o Deputado Estadual Altair Silva, a Deputada Federal Carmem Zanotto, prefeitos, vereadores,

Chefe da casa civil Douglas Borba, o  Secretário de Estado da Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Rural – Ricardo Gouvêa; Chefe da defesa civil João Batista de Cordeiro Junior; e o Presidente do BRDE, Marcelo Haendchen Dutra.

Dados de apoio: SECOM – SC

ASCOM – ACIRCAN

Facisc aponta alta de 0,1% na inadimplência de Santa Catarina

Dados Apontam
Foto: FACISC

Em Santa Catarina, o Indicador de Registros de Inadimplentes cresceu 0,1% e o Indicador de Recuperação de Crédito do Consumidor 3,0% na passagem de setembro para outubro de 2019. O presidente da Facisc, Jonny Zulauf, analisa que o crescimento da inadimplência no Estado, é reflexo de que uma parte dos consumidores catarinenses depois de alguns anos, começam ligeiramente a apresentar problemas com relação ao pagamento de suas dívidas. “Por outro lado, a recuperação de crédito também vem crescendo, e isso mostra que há uma recuperação do crescimento econômico no Estado mais acelerado do que acontece no país. Com recuperação do emprego e renda, a recuperação de crédito do consumidor catarinense é impulsionada”, explica Zulauf.

Variações no mês de Outubro

Em relação a inadimplência, o resultado foi maior nas cidades de Rio do Sul (2,0%), Joinville (2,0%), Blumenau (1,9%) e Florianópolis (1,8%). Em relação a recuperação de crédito, com exceção de Florianópolis (-1,0%), as nove cidades pesquisadas registraram crescimento, onde os maiores resultados registrados se deram em Joinville (3,2%), Blumenau (3,0%) e Chapecó (2,9%).

Variações acumuladas em 12 meses

O economista da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina, Leonardo Alonso Rodrigues, explica que quando comparadas as informações acumuladas em 12 meses, os indicadores de inadimplência e de recuperação de crédito ao consumidor registram crescimento no estado de Santa Catarina. “Nesta base de comparação, o Indicador de Registros de Inadimplentes cresceu 8,0% e o Indicador de Recuperação de Crédito do Consumidor 9,6%. Pelo lado da inadimplência, a variação foi maior nas cidades de Rio do Sul (16,2%), Blumenau (15,9%) e Joinville (15,0%), sendo que, nenhuma das cidades registraram queda no indicador. Pelo lado da recuperação de crédito, a variação foi maior nas cidades de Blumenau (37,4%), Tubarão (36,9%) e Joinville (36,1%), dado que, todas as cidades pesquisadas registraram crescimento acima do resultado estadual (9,6%).”

Santa Catarina no contexto nacional

No Brasil, o Indicador de Registros de Inadimplentes registrou queda de -3,0% e o Indicador de Recuperação de Crédito do Consumidor recuou -3,4% para o resultado acumulado em 12 meses (até outubro de 2019). No contexto nacional, Santa Catarina auferiu o maior crescimento pelo lado da inadimplência (8,0%) e o sexto maior crescimento pelo lado da recuperação de crédito do consumidor (9,6%).

 

Clique no link abaixo e confira os indicadores

Fonte: ASCOM – FACISC

ASCOM – ACIRCAN

Núcleo da Mulher Empresária da ACIRCAN promove confraternização de encerramento das atividades de 2019

Confraternização
Foto: ACIRCAN

Aconteceu na noite de terça-feira (03) a reunião final e confraternização do Núcleo da Mulher Empresária da ACIRCAN.

O trabalho realizado pelo núcleo em 2019 foi executado de acordo com as reuniões de planejamento.  As ações são focadas em ressaltar a importância da mulher no cenário empresarial, buscando fortalecer a participação no desenvolvimento social e sustentável.

De acordo com a coordenadora do Núcleo Simone Manfroi entre os eventos realizados ela destaca o sucesso da “2ª Edição do Chá da Mulher Empresária”, que tem uma ótima participação das mulheres de Campos Novos e região. “A adesão é sempre acima do esperado e o foco é fazer-nos conhecer como Núcleo, fazer com que a comunidade conheça um pouco mais da ACIRCAN e fomentar negócios” explicou.

 

Outro evento de destaque foi o Workshop para Mídias Sociais realizado por um profissional especializado na área, abordando a maneira correta de apresentar os produtos de forma mais atraente para os clientes, aumentando os seguidores e os números de negócios gerados.

 

O Núcleo é multissetorial, conta com a participação de 10 mulheres empresárias e já iniciou o planejamento das ações para 2020 com foco na capacitação, networking, além de fomentar o associativismo. “O Núcleo tem o foco no empreendedorismo, mas também tem o foco na questão das pessoas em si, pois nenhum negócio acontece sem que tenham pessoas envolvidas. Então buscamos estar fortalecidas como mulheres empresárias e como pessoas” ressaltou a coordenadora Simone.

Simone Manfroi agradeceu o apoio da ACIRCAN por meio da consultoria de Núcleos que presta todo o apoio necessário para a realização das ações.

 

As atividades do Núcleo da Mulher Empresária retornam a partir do dia 04 de fevereiro de 2020.  Vale ressaltar que o Núcleo da Mulher Empresária é aberto às mulheres interessadas. Quem tiver interesse pode entrar em contato com a ACIRCAN para buscar mais informações.

 

 

Jornalista: Anne Arithuza Alves

ASCOM – ACIRCAN