Realizada em Campos Novos aula inaugural do curso Técnico em Manutenção Automotiva

Capacitação
Foto: ASCOM – ACIRCAN

A primeira turma de Campos Novos do Curso Técnico em Manutenção Automotiva – TMA, se reuniu na terça-feira (18), para a Aula Inaugural que foi realizada na Mecânica CD.

Novidade na região, o curso atraiu em torno de 16 estudantes. De acordo com Cidney Simon, instrutor do curso em Campos Novos, explicou que esta capacitação atende o anseio da categoria, especialmente do Núcleo de Auto Reparadores da ACIRCAN (Associação Empresarial de Campos Novos). Esta demanda surgiu em 2011, e os empresários do setor encontram grande dificuldade para encontrar mão de obra qualificada. Neste período os mecânicos associados ao NEA/ARVESC tentaram várias parcerias com diversas instituições, no entanto, sem sucesso em virtude da grande burocracia.  Foi então que surgiu uma oportunidade de formar uma parceria com o Instituto Scherer, uma entidade sem fins lucrativos que tornou esta necessidade uma realidade.

A proposta de formação continuada da categoria e estruturação do curso Técnico em Manutenção Automotiva – TMA iniciou em janeiro de 2019, somando-se a parceria além da SCHERER, NEA/ARVESC, os fabricantes de peças automotivas representados pela própria Scherer, assim como o Sindirepa, sindicato empresarial da área. Na proposta, as primeiras turmas deverão iniciar ainda em 2019.

Com a aprovação do projeto TMA, fruto da parceria de longa data entre o NEA/ARVESC e Scherer SA, as entidades firmam o compromisso de levar a formação técnica continuada e certificar profissionalmente o mecânico de todo o país, fato que é aguardado por todos do setor da reparação automotiva.

O curso será oferecido nas Modalidades:  Presencial e EAD.   E como Pré-requisito o aluno deve ser associado NEA/ARVESC ou cliente Scherer.  Serão 4 módulos (técnicos e de gestão) com 1280h; estágio obrigatório com 300h, com uma carga horária Total do Curso + Estágio Obrigatório de 1.580 horas/aulas.

– A profissionalização, é difícil. Na atual realidade encontrar pessoas que queiram trabalhar na oficina mecânica também é difícil porque muitas pessoas tem uma visão diferente. Acham que tendo um computador o veículo vai ser consertado e não é bem assim, tem que entender o computador e a mão humana é necessária. Então continua sendo uma grande dificuldade as oficinas conseguir profissionais capacitados. E para formar profissionais também é uma dificuldade porque no dia a dia o tempo está muito escasso. E o proprietário não tem mais tempo para ensinar o funcionário. A gente espera com esse projeto mudar a nossa classe. – explicou Cidney Simon.

Previsão de encerramento das primeiras turmas formadas de TMA é para dezembro de 2022.

Por Anne Arithuza Alves

Assessoria de Comunicação e Marketing – ACIRCAN

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *